8 de março de 2010

O dinheiro pode ser a raiz de muitos problemas, mas a maioria deles, poderia ser resolvida. Quem é que não está interessado nisso?

O dinheiro foi criado para facilitar as trocas comerciais, em épocas onde não havia tecnologia, mas apenas, um saco à cintura ou com sorte, um baú, para meter moedas. Muitas delas, eram feitas com ligas metálicas preciosas. Nesse tempo, o dinheiro fazia sentido, por uma questão práctica.
Nos nossos dias, na maioria dos casos, a liga em que a moeda é feita, vale menos que o seu valor facial e o restante dinheiro, é só papel. O dinheiro virou apenas e só, um valor simbólico que, infelizmente, tem mais contras que prós.
Com tanta tecnologia, vale a pena questionar, a quem, é que hoje, o dinheiro está a servir.
Imaginemos um mundo sem moedas, nem notas e apenas, com cartões e cheques, acho que não precisaríamos de mais nada, para funcionar normalmente.
Agora, quem seriam os mais prejudicados?
Esta é fácil e certamente que se lembrarão de muitos. Por mim, acho que se poderia acabar com corrupções, negócios escuros, venda de droga, de armas, basicamente tudo, o que fosse ilegal, pois é fácil seguir movimentos electrónicos e cheques.
Agora, os que tinham o poder para resolver isso, não estão interessados e devem ser, devidamente pressionados, por quem vive "no lado negro".
Uma coisa é certa, os assaltos a bancos terminavam, não haveria nada que roubar. Claro que a polícia, teria sempre trabalho, com alguns "hackers" informáticos. Mas "maletas" com dinheiro a circular, para nos tramar, acabavam.
As falsas moralidades também teriam o seu fim, tudo o que virasse negócio, pagaria imposto.
Afinal, pensando um bocadinho, quem é que se está a aproveitar, do uso obsoleto de moedas e notas?

1 comentário:

  1. E depois como ficavam os "Tio Patinhas"que vivem por aí...
    Por mim estou plenamente de acordo...eu até nem gosto de contar dinheiro :-)
    Boa semana!

    ResponderEliminar