18 de abril de 2010

Todos querem um bilhetinho para o comboio e nem sequer é para o Expresso do Oriente ;)

16 comentários:

  1. Belíssima alternativa ! Melhor que autocarro ou automóvel !
    .

    ResponderEliminar
  2. Ah! Isa,Isa...
    Perdeu uma excelente oportunidade de fazer a apologia do TGV!
    Bom, mas nesse também eu ia...

    ResponderEliminar
  3. Rui
    As pessoas gostam de andar cada vez mais depressa, deve ser por terem medo de chegar atrasadas, ao seu próprio funeral.
    Hoje vive-se tão rápido que chegamos ao fim, sem ter tido tempo de apreciar a viagem :D

    ResponderEliminar
  4. Rogério
    A minha opinião quanto ao TGV já a dei algures para trás, neste blogue e continua a mesma, concordo com o TGV Lisboa/Madrid mas 1 e não 2, que fosse, em simultâneo, para pessoas e mercadorias, mas pelo que tenho ouvido dizer querem 2, um para cada coisa o que para mim é um verdadeiro desperdício.
    Aliás com as linhas de caminhos de ferro que temos, na próxima semana vão conseguir aumentar (em sintonia com Espanha)em mais 400 passageiros para Paris e mais 400 de Paris para Lisboa.
    Pelos vistos há sempre o costume de não tirar partido do que se tem e tentar gastar o que não se tem, só para servir interesses menos claros :(

    ResponderEliminar
  5. A Islândia não deixa de surpreender.
    Primeiro, a banca-rota; agora o vulcão, de cinza incontinente.

    Afinal, nós europeus, o Ocidente inteirinho, somos realmente vulneráveis.
    Quem imaginaria que com uma frota de aviões tão exuberante, estivesse, assim, impedida de voar...

    Ninguém!

    Tão capazes de ir ao fim do mundo, como tão pouco de chegar ao fim da rua.

    Bjs e papoilas (Rs, rs, rs!!!!)

    ResponderEliminar
  6. JPD
    Bom nos próximos tempos os aviões vão andar fora de moda, andam a voar baixinho lol
    Não gostei nada de andarem a tentar experiências de voar com cinzas, estão mesmo a ficar desesperados :-o

    ResponderEliminar
  7. Isa, fiz (ou tentei fazer) humor.
    Pela via séria lhe digo que essa é básicamente a minha posição.
    Aproveito para lhe dizer que um dos meus "meteorologistas", lá no meu blogue, faz a esse propósito declarações interessantes que a imprensa escrita não dá eco. Diz ele "que desgraça de país é este que deixa o abastecimento de mercadorias (ou o seu escoamento) dependente do modo rodoviário?" Claro que não é esse o meu tema, mas se entrar no link do Alexandre Soares dos Santos e tiver tempo e paciencia para ouvir a entrevista, na integra, vai-se supreender. Supreenda-se, minha amiga (vale a pena).

    ResponderEliminar
  8. Rogério
    Já por aqui falei da estupidez de transportar bens por via rodoviária e o desperdício de comer uma simples batata que andou centenas de Km/s, quando localmente se podia produzir essa mesma batata, o que seria bom para a economia local e evitaria poluição e gasto de petróleo que qualquer dia não há.
    O mundo funciona mal só para servir interesses, muitos deles instalados no seio da própria U.E.
    Este mundo só está a precisar de um pouco de bom senso e de acabar com a espécie virulenta dos mamões.

    ResponderEliminar
  9. Vamos papar mamões?
    Vamos papar mamões!
    (ou pelo menos tentar, não é fácil...)

    ResponderEliminar
  10. Rogério
    Até há belas receitas de culinária, mas é preciso saber prepará-los.
    1º Cortá-los ao meio
    2º Retirar as sementes
    3º Cortá-los em cubos
    4º Juntar açúcar, bicarbonato de sódio e levá-los ao lume
    5º Esfriar no frigorífico antes de comer
    lol

    ResponderEliminar
  11. Neste momento estou-me a lembrar do famoso "Crime no Expresso do Oriente" e acho que faz falta o Poirot para solucionar este grande "crime"!
    Beijinho e boa semana!

    ResponderEliminar
  12. Sem dúvida um "pecado" irresistível! ;-)

    ResponderEliminar

  13. Precisávamos de meia dúzia de Hercules Poirot em vez de comissões de inquéritos :D

    ResponderEliminar
  14. APPLE
    Então não era tão bom, uma viagem de comboio com tantos "salamaleques" :D

    ResponderEliminar
  15. Dylan
    Não me diga que está à espera que um avião levante vôo :D

    ResponderEliminar