26 de maio de 2010

Paciência tem limites ou não?

No blogue da vi a publicação dos 13 motoristas que vão ser contratados para o Gabinete do 1ºMinistro e agora nas notícias já ouvi que os Transportes Públicos vão aumentar em Julho, entre 3 a 4%.
Porque teremos nós de pagar o nosso transporte e o transporte dos Governantes e Deputados? No blogue da APPLE fiquei a saber que em Inglaterra isso não acontece, nem muitas outras despesas.
Aqui só me apetecia acrescentar meia dúzia de asneiras e chamar uns nomes, muito, feios a umas certas pessoas.

Só faltava ler no Reflexos muitos dos gastos que vamos ter de pagar e um, muito importante, vai ser a decoração do Parlamento.
Os Bancos lembram que temos de poupar, no entanto, eles sabem cobrar juros mas só dão taxas ridículas às pequenas poupanças.
A C.G.D. Banco Estatal, gasta centenas em Campanhas Publicitárias, mas a melhor publicidade seria premiar a poupança, mas isto de pagar grandes juros será, só, para os grandes investidores estrangeiros.

28 comentários:

  1. O que era bom é que a falta de vergonha e honradez tivesse vergonha, isso sim. É impossível vislumbrar um futuro de outra cor que não seja muito negro...

    Beijinhos doces, Ava.

    ResponderEliminar
  2. É que nós somos mesmo muito pacientes e prestativos!

    ResponderEliminar
  3. AVA
    Nos próximos anos (muitos) só vejo negro :(

    ResponderEliminar
  4. LR
    Até parece que nós gostamos muito de ser espezinhados =(

    ResponderEliminar
  5. Isa:
    O que lamento nisto tudo é que a culpa é nossa!
    Da nossa apatia e submissão perante estes escândalos diários.
    Sinto-me cansada muitas vezes, mas noutras tão revoltada, que só me apetece apertar-lhes o pescoço x-(
    Obrigada pela "publicidade" :t

    ResponderEliminar
  6. De facto a estória dos motoristas é real e está no DR. São 12 para serviço do pinóquio, bem como mais uma agente da PSP. Destes motoristas fazem parte 1 da Carris e outro da Deloitte...outros 10 da PSP-estes 10 são requisitadosos de um para outro lado ,mas os 2 são de empresas privadas...?

    Quanto à CGD gasta dinheiro,por exemplo com o carrito do Tiago Monteiro que, coitado, tem tanto jeito para as corridas como eu...

    ResponderEliminar
  7. Mais uma prova dos brandos costumes do tuggas. Esta é mais uma prova do job for the boy, que é o marido da empregada lá de casa ou o primo que é bombeiro e quer conduzir um Mercedes...

    ResponderEliminar
  8. Acho que na Inglaterra os ministros até vão que ter de partilhar o carro com outros e alguns altos funcionários vão passar a andar de transportes públicos ou então a utilizar o próprio.
    Fui professora durante 38 anos, nunca trabalhei na terra onde vivo porque a partir do 4º ano não há ensino público, usei sempre o meu carro e como eu todos os professores e funcionários públicos que, no entanto, passam a vida a ser acusados de grande parte dos males de que o país enferma como se fôssemos uns parasitas.
    E a luxuosa sala de fumo que estão para fazer na Assembleia da República?!
    Estou a começar a perder a paciência...

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Sem falar nos ordenados dos gestores publicos
    e´sempre assim o Zé povinho é que paga...cambada
    bjoooo

    ResponderEliminar
  10. Fê-blue bird
    Podes crer que a culpa é mesmo nossa e da nossa falta de união e os espertos aproveitam-se :(
    Não foi publicidade, estava lá escrito :D
    Bjo grande

    ResponderEliminar
  11. donatien alphonse françois
    Uma perfeita loucura e completamente imoral, mais a mais, em crise económica que, pelos vistos, deve ser só para alguns =(

    ResponderEliminar
  12. na america profunda
    Uma super cambada :D

    ResponderEliminar
  13. Rosa dos Ventos
    Já somos muitos, a começar a perder a paciência :-|

    ResponderEliminar
  14. polittikus
    Ainda tenho esperança de ver os tuggas acordarem de vez :D

    ResponderEliminar
  15. O presidente da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Passageiros anunciou ontem uma actualização das tarifas entre 3% e 4% a partir de 1 de Julho.
    É JULHO e não JUNHO.
    O seu a seu dono.

    ResponderEliminar
  16. Isa
    Já decifrei o meu enigma.
    Se estiveres interessada vai lá ver!

    Abraço

    ResponderEliminar
  17. Observador
    Por acaso, eu tenho Julho :D

    ResponderEliminar
  18. Como já comentei noutros blogs, apenas digo:
    É surpreendente que os tipos que estão sempre prontos a propôr a redução dos salários da função pública, não se insurjam contra a mordomia dos gabinetes. Como já há tempos escrevi, não compreendo porque é que se reduziram os salários dos políticos, mas se aumentaram em 3,4% as despesas de funcionamento dos gabinetes.
    O silêncio, quanto a mim, deve-se ao facto de muitas dessas pessoas aspirarem a chegar num tempo próximo a um gabinete ministerial e também estarem a afiar o dente para usufruir dessas mordomias.

    ResponderEliminar
  19. Rosa dos Ventos
    Vou já para aí :D

    ResponderEliminar
  20. Carlos Barbosa de Oliveira
    Concordo consigo, uma mão lava a outra e espera pela dádiva ou fica à espera de também dar uma dentadinha no petisco ;)

    ResponderEliminar
  21. Observador
    É sempre bom serem dois a confirmar, se alguma vez encontrar um lapso meu até lhe agradeço que me avise.

    ResponderEliminar
  22. Isa GT,
    O nosso país está uma vergonha...E a luz é ao fundo do túnel é negra.

    ResponderEliminar
  23. Tio do Algarve
    Todos concordamos que está mal, precisamos de umas boas ideias para mudar alguma coisa ;)

    ResponderEliminar
  24. Rei da Lã
    Novidades só no Continente, mas ideias novas e radicais, estão a ser precisas, tens alguma para ver se arranjamos uma solução para tentar acender alguma luz? :D

    ResponderEliminar
  25. O Carlos Barbosa e eu publicamos o mesmo boneco. Um calimero. Cada um por razões diferentes.
    Mas, com tanta calimerice que vejo por aqui, o Calimero vai ficar connosco até aos limites da nossa paciência a qual, como sabemos, é ilimitada.

    Isa, temos que passar à acção...Acção.
    Qual? Èh pá, não sei...

    ResponderEliminar
  26. Rogério Pereira
    O que está mal é este sistema político de eles poderem fazer o que lhes apetece e nós que pagamos, nem podermos ter acesso às contas, ver onde se gasta e a quem se dá. Ando a pensar e todos devíamos pensar em soluções, há-de haver alguma :(

    ResponderEliminar