16 de junho de 2010

Hospitais à beira da ruptura financeira

Quando se fala em fazer o corte de alguma mordomia, em qualquer sector da Administração Pública, ouvem-se logo as vozes discordantes de que seria um corte irrelevante e sem significado, no entanto, já se anda a cortar na comida dos doentes hospitalizados.

Para além da crise económica e de todos os sacrifícios que ela nos traz, preocupa-me muito mais, a incompetência e a confiança nula que tenho nos políticos e gestores públicos.
Desde roubar gravadores de jornalistas, até aos milhares de euros ou, ainda, das milhentas mordomias até às sanguessugas instaladas, os portugueses estão, mesmo, entregues à bicharada, sabendo que 99,9% é, completamente, incompetente e virulenta e que os "amigos" e protegidos, ainda, conseguem ser piores.

Resumindo e concluindo, se não houverem grandes limpezas e a introdução de leis mais duras para os prevaricadores, estamos ...
tramados.

18 comentários:

  1. E lá terá que ser a família a levar o almocito numa lancheira ao doente!
    Isto é o fim da macacada!

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Rosa dos Ventos
    Qualquer dia até temos de levar os medicamentos da farmácia para fazerem o tratamento, só que começo a não perceber para que pagamos os impostos, ou melhor, não quero perceber lol

    ResponderEliminar
  3. Isto é uma grande fava... Essa de levar o almoço na lancheira não é novo. Nos hospitais das matas africanas foi sempre assim que foi feito.

    ResponderEliminar
  4. Marota
    Isto é um país de doidos, grandes luxos para uns e cortar no essencial dos outros, estou tão farta tão farta x-(

    ResponderEliminar
  5. O que se come nos hospitais não presta, pelo menos assim não morremos de indigestão ou envenenamento =(
    Será que alguma coisa está a funcionar bem neste país, se descobrires conta-nos ok? :-o

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Contesto apenas a perseguição doentia aos gestores públicos.
    E os privados?

    Esses podem gastar à vontade?
    Não. O País é, ou deveria ser, igual para todos.

    ResponderEliminar
  7. Estamos em queda livre.
    Cada dia mais uma acha.
    Foi-se-me o humor!

    ResponderEliminar
  8. o irritante é que para uns é tudo e para outros nada...
    É VERGONHOSO...

    ResponderEliminar
  9. Fê-blue bird
    O que está a funcionar bem?
    Os compadrios e os rapinanços lol

    ResponderEliminar
  10. Observador
    Já era uma sorte, poder começar por aqueles que nos metem a mão, directamente, no bolso e que já nos estão a apalpar as cuecas (sortudos dos que ainda as têm) lol

    ResponderEliminar
  11. MagyMay
    Prometo que no próximo post vou tentar um pouco de humor para evitar que tenhamos de gastar muito dinheiro na farmácia, em anti-depressivos :D

    ResponderEliminar
  12. Susaninha
    Não seria de esperar outra coisa, com tantos cérebros que tiraram cursos simplex lol

    ResponderEliminar
  13. Deve ser prescrição da Dr. Ana Jorge?
    Os doentes só devem comer em calorias, de acordo com as que consomem diariamente!

    ResponderEliminar
  14. http://cortadireito.blogspot.com/
    Ainda viramos o País com os melhores Hospitais com programas de emagrecimento :D

    ResponderEliminar
  15. Isa,
    Vitos de outro prisma, cada vez tenho mais confiança nos gestores públicos. Nunca me desiludem: O compadrio é certo e a incompetência também...O problema é que já extravasa para as privadas!

    ResponderEliminar
  16. Tio do Algarve
    Quem já anda extravasada sou eu e ainda por cima, sou do mesmo signo chinês do bin laden, o que lhes vale é que tenho hormonas femininas senão... :-*

    ResponderEliminar
  17. Carlos Barbosa de Oliveira
    No fundo, bem lá no fundo, mas mesmo no fundo :D quase ao pé dos sapatos, ainda quero acreditar em contos de fadas o:)

    ResponderEliminar