16 de setembro de 2010

Gastar 2,5 Milhões€/hora é obra, mas conseguir, esse dinheiro Fiado...é de especialistas ;)

Vocês stopem lá isso, em nome da decência que nós, aqui, já estamos a ficar... à rasquinha ;)

24 comentários:

  1. Se eu tivesse, emprestaria
    pois esse dinheiro emprestado
    tem juros 6x superior
    aos valores do mercado...

    (até lhe dava comissão,
    com o "el contado", em mão!)

    ResponderEliminar
  2. Rogério Pereira

    Por acaso não leu o meu post anterior? Emprestar para desperdiçar e alimentar alimárias?lol
    Há lá... cada despesa mais mal explicada que só pode ser... para amendoins lol

    E Essa de pensar que eles pagam aos portugueses os mesmos juros que pagam lá fora... por acaso, isso foi só para contar uma anedota, não foi? :D

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Olga

    Não lhes custa a ganhar... é só pedir e gastar porque cá ficarão os cordeiros para o sacrifício :(

    Bjos

    ResponderEliminar
  4. L.O.L.

    Boas! Para as chinesices destes governantes da treta lol

    ResponderEliminar
  5. A este ritmo, ISA, isto vai acabar mal.
    Muito mal!

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. JPD

    Também penso que sim, nunca imaginei haver governantes tão incompetentes, 36 anos a enterrar o Pais, só falta mesmo... o balde de cal :(

    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Observador

    Tou vendo :D palminhas e tudo lol

    ResponderEliminar
  8. Somos um país de Chicos espertos ;-)

    Dá um salto ao "outro lado"

    Bj*

    ResponderEliminar
  9. Vitor

    Então deixa-me cá saltar :-]

    Bjo

    ResponderEliminar
  10. Tive um dia ocupadíssimo e só agora pude vir aqui. Há coisas interessantes ! :))

    O problema, Isa, é que não é o "Gasto". É o aumento do déficit (diferença entre o "gasto" e o "recebido de nós")que é bem pior !
    O gasto é bem maior que isso!
    O curioso é que quando o governo prometeu reduzir o déficit e foi "apertado" pela oposição que não queria aumentos de impostos ou encargos para os portugueses, disse que ia conseguir resolver o problema não só à custa dos portugueses, mas também baixando a despesa pública. Seria a contar com 40% da 1ª e 60% da 2ª !
    Acontece que nós (privados) estamos a cumprir a nossa parte desse encargo mas a despesa pública em vez de baixar continuou a aumentar.
    Mais descaramento é dizerem que está a haver um "abaixamento", só que não é um abaixamento real bruto, mas sim um abaixamento do ritmo de crescimento, o que quer dizer que cada vez aumenta mais. A inclinação da curva de crescimento da despesa pública é que desceu ligeiramente!
    Outra questão é que tanto se tem falado na saúde e com este governo a participação privada nos serviços de saúde já vai em 40% ! Eles dizem defender a saúde tendencialmente gratuita mas estão a fomentar e de que maneira a saúde privada !
    .

    ResponderEliminar
  11. Da' pena ver o que se passa em Portugal, um pais que ja teve meio mundo, ja teve tantas colonias, podiamos ser tipo o Monaco e essa gente trabalhar toda para nos, mas por burrice de quem la esta perdemos tudo, e nao tarda nada perdemos a pouca dignidade que ainda temos...
    enfim onde isto vai parar

    ResponderEliminar
  12. Também penso que sim, nunca imaginei haver governantes tão incompetentes, 36 anos a enterrar o Pais, só falta mesmo... o balde de cal.

    ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    Balde de cal Isa?

    Isso já não se usa, agora há uma cena mais prática, mais rápida, menos poluente e mais barata.

    Tudo pró Forno :-|

    Rápido, eficaz e económico, depois leva lá este pózinho dentro da caixinha mágica para recordação futurista familiar.

    Ai quem me dera
    Ter uma nota na mão
    Para dar ao cangalheiro
    De adianto do caixão.

    Que bom seria
    Ter a nota de retorno
    Sabendo que já iria
    Direitinho para o forno :-o

    Vem aí o fim de semana Isa, haja alegria. lol

    Bjos

    ResponderEliminar
  13. STOP IN THE NAME OF LOVE :-o

    Eles querem é encher o saco enquanto lá estão,depois toca a fugir e o Zé que pague! =(

    Fiquei mal disposta e estava tão bem a treinar( vê o meu ultimo post) ;)
    Beijinhos atordoados

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Rui da Bica

    Pois claro que o problema é o défice. Por isso eu falo em Fiado, quando alguém gasta mais do que aquilo que tem ou consegue vir a ter... começa a pedir fiado, o que é o princípio de uma derrocada ainda maior se tiver que pagar juros.
    Quando eu digo que eles são especialistas a pedir fiado, devem ser, porque eu não lhes emprestava nem um cêntimo, mas, pelos vistos, lá por fora, vão tendo muito parlapiê ;) para irem continuando a gastar sem Mostrar, no mínimo, que estão a reduzir nas despesas inúteis

    Bjos

    ResponderEliminar
  15. na america profunda

    Dá desespero ter visto este país, pouco a pouco, a desbaratar todas as oportunidades que teve, dinheiro que veio a rodos da U.E. quase todo desperdiçado e que não foi para a economia produtiva, mas para as algibeiras dos chicos-espertos, agora... nem economia nem dinheiro, só dívidas e juros de juros... o fim da macacada.
    O pior e mais injusto é que, aqui, os desgraçados dos comuns cidadãos é que têm de pagar a factura x-(

    Bjos

    ResponderEliminar
  16. Aqui-Ali-Acolá

    Pois se vão para o forno não deviam, é gasto em combustível e aumento da pegada de carbono em poluição, não sabia? :D

    Essa do forno é indecente, até já querem roubar o alimento aos bichinhos da terra, até me admira que as bactérias não estejam a fazer greve a pedir paparoca lol
    Não defendo cemitérios mas jardins públicos, cheios de árvores e flores, onde os vivos possam passear no meio de quem já partiu.
    Isso de pôr os mortos... queimados ou gradeados é uma tolice.

    Bjos

    ResponderEliminar
  17. Fê-blue bird

    Esquece o Love, foca-te no STOP e claro... com chinesices à mistura lol lol

    Vou já lá... sempre quero ver, essa boa disposição :D
    Bjos

    ResponderEliminar
  18. Olá Isa!

    Pois é, alegremente vamos escorregando pela tábua abaixo, "governados" por esta tropa fandanga que para além de todo o mal que faz, ainda por cima não tem tento na língua, e alegremente vai anunciando aos quatro ventos que o país está falido.Começa no presidente da República e e acaba na assembleia da dita. Os agiotas ficam contentes, sobem os juros - e logo sobe a dívida; e como sobe a dívida logo sobem os juros, para de novo subir a dívida, para aparente satisfacção de uns quantos desses idiotas, e ainda mais dos agiotas.E é assim que estamos, no reino dos incontinentes verbais, e tudo irá acabar muito mal, com excepção para os idiotas e os agiotas...

    Bom fim de semana.
    Beijinhos.
    Vitor

    ResponderEliminar
  19. Vitor Chuva

    Só não vê que isto vai acabar mal quem não quiser e nunca estive tão preocupada como agora porque está instalada a incompetência... e os agiotas.

    Bjos

    ResponderEliminar
  20. Isa,
    Eu sempre ouvi dizer que os maiores aldrabões eram pessoas com muita arte: cativam os outros e por isso era preciso estar alerta e fugir deles.
    Alerta estamos mas fugir como?....
    Beijo

    ResponderEliminar
  21. bacouca

    Fugir não podemos, mas votar, para os castigar, ainda é possível.
    Não voto Portas que é uma raposa velha e cheio de parlapiê, fala na agricultura e, mal teve a chance de meter a mão na massa... comprou submarinos e blindados, só lhe falta comprar um foguetão lol, não voto PSD que está ainda pior, virou todo para o liberalismo e isto de chulos, já temos o país cheio.
    O partido que deveria ser o meu, seria o PS que já teve uma maioria absoluta e apregoa socialismo mas, só vejo, um péssimo 1ºMinistro cego por tanta arrogância, maus negócios para o Estado, meninos incompetentes a ganhar milhões e famílias instaladas em lugares públicos, portanto, há muito tempo que voto BE, pelo menos, ainda vamos sabendo os podres do negócio,e até considero Louçã um óptimo economista e há lá pessoas por quem tenho grande consideração pelas suas opiniões em que, pelo menos, 60% coincidem com as minhas(nem todas), mas se, neste momento, houver alguém que vote PCP, não vejo problema nenhum porque o povo português, com tantos ordenados e pensões de miséria e com, a crescente dispararidade entre ricos e pobres, estamos mesmo a precisar de virar à esquerda ;)
    Não sofro de clubite e tento ser racional, claro que preferia poder votar em pessoas de confiança que eticamente conseguissem governar o que é público, mas como não posso e tenho que votar às cegas em sacos de gatos, voto nos que me arranhem menos :D

    Bjos

    ResponderEliminar